30 Anos sem Carlos Drummond de Andrade

No meio do caminho tinha uma pedra
Tinha uma pedra no meio do caminho
No dia 31 de outubro o querido Carlos Drummond de Andrade, um dos maiores escritores da nossa literatura viria a completar 114 anos, se não tivesse partido há exatos 30 anos. Um dos nomes mais importantes do século XX, o escritor foi uma figura de grande relevância na Segunda Geração do Modernismo no Brasil. 

Carlos Drummond de Andrade nasceu no dia 31 de outubro de 1902, e veio a falecer por ataque cardíaco em 1987. Filho de proprietários rurais, o autor nasceu no interior de Minas Geris, numa cidadezinha chamada Itabira de Mato Dentro. Foi farmacêutico (por graduação, sem nunca ter exercido a função), professor, jornalista, funcionário público, tradutor, ficcionista, crítico, provocador e escritor. Ao longo de sua vida, escreveu inúmeros poemas incríveis que nos cativam até os dias atuais. Mas na época em que os escrevia ganhava um chuva de críticas, por conta de divergências ao seu pensamento e modo de escrever. E assim, com sua influência, o modernismo foi se fundindo em nosso território.

Carlos tinha uma coleção de amigos como Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral e Mário de Andrade, além de outros intelectuais. Sua participação na Semana de Arte Moderna (1922) só não ocorreu devido não ter conhecido os colegas anteriormente, já que sua escrita se relacionava ao movimento. Suas composições eram sempre ligadas à sociedade e ao cotidiano, com julgamentos às desigualdades e ataques à politica, além de frases irônicas e às vezes sarcásticas, no qual indignavam muitos críticos da época. 

O humor e sensibilidade presente na escrita do autor é algo que encanta leitores de todas as idades, e até hoje o espirito de Drummond circula na cidade de Belo Horizonte, onde passou a maior parte de sua vida. Sua escrita era formada por versos livres (sem métrica) e sua linguagem preferida era a coloquial, e por isso era chamado por muitos de "poeta popular". O mesmo ganhou alguns prêmios literários ao longo de sua vida, mas os recusou por motivo de consciência, uma vez que este tinha como característica ser um anti-astro. Mas em virtude de sua importância, uma estátua em sua homenagem foi colocada em um banco da Praia de Copacabana, bairro em que viveu muitos anos no Rio de Janeiro, e outras estátuas embelezam a cidade de Itabira em Minas Gerais, além do escritor ter ganho uma fundação e um memorial com seu nome.

Itabira/MG
Copacabana/RJ

FRASES DO AUTOR


➢ “Há certo gosto em pensar sozinho. É ato individual, como nascer e morrer.”

➢ “A liberdade é defendida com discursos e atacada com metralhadoras.”

➢ “A minha vontade é forte, porém minha disposição de obedecer-lhe é fraca.”

➢ “Se meu verso não deu certo, foi seu ouvido que entortou.”

➢ “As dificuldades são o aço estrutural que entra na construção do caráter.”

➢ “Não se deve xingar a vida, a gente vive, depois esquece.”

➢ “Os homens são como as moedas; devemos tomá-los pelo seu valor, seja qual for o seu cunho.”

➢ “Eterno é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade que se petrifica e nenhuma força jamais o resgata…”

➢ “Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar.”

➢ “A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.” 

➢ “Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião. Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente sentimos.” 

➢ “Democracia é a forma de governo em que o povo imagina estar no poder.” 

➢ “Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias. Difícil é encontrar e refletir sobre seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado. E é assim que perdemos pessoas especiais.” 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

♡ Comente sobre a postagem, sua opinião é muito importante!
♡ Seguindo, segue de volta? Claro, basta comentar nos posts;
♡ Aceito afiliações, caso deseje entre em contato pela página "Contato" ou pelo e-mail: contato@palavrasambulantes.com
♡ Sem grosserias! Comentários maldosos serão apagados;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...