Recomeçando

Sobre os mais Velhos

[RESENHA] A Maldição, de Stephen King

Bloqueio de Escrita

15
agosto
2017

Entrevista com Beatriz de Castro, autora do livro “Pietra”


Nos próximos meses estarei lançando aqui no blog uma série de posts com dicas e comentários de escritores nacionais, para aqueles que, como eu, se inspirarem e se prepararem para a jornada de publicação de um livro. Para a estréia da série, conversei com a escritora Beatriz de Castro, autora do livro Pietra (resenha do livro em breve).

“Pietra” é o primeiro livro da trilogia “Sobrevivência” escrita pela autora. O lançamento oficial do livro ocorrerá na Bienal do Rio de Janeiro, então para aqueles que forem, este é um ótimo livro a ser adquirido no evento. Beatriz me concedeu uma entrevista e eu separei algumas perguntas mais específicas sobre a escrita e publicação de sua obra, como podem observar abaixo:

  • Como foi seu processo de criação do livro? 
Pietra surgiu através de um sonho e demorou sete anos para finalmente ser escrita, para eu conseguir passá-la para a tela. Utilizei o wattpad que foi uma plataforma que serviu de grande incentivo para me ajudar a não deixar a história de lado. 

  • Alguns escritores só conseguem processar as ideias quando estão sozinhos, você também é uma dessas pessoas? 

Sim, eu preciso de silêncio e tranquilidade para escrever senão não dá certo.

  • Você acredita que há muitos escritores brasileiros para um pequeno grupo editorial? 
Eu acho que a cada dia mais existem mais editoras, umas com propostas que estão se adequando à nova forma de publicação e outras que ainda estão presas ao passado. Cada vez mais plataformas como a Amazon vão surgindo e acho que isso é ótimo para quem escreve e para quem lê.

  • Sua obra foi uma auto-publicação. A partir de qual acontecimento você optou por esta decisão? Houve tentativas de contatos com as grandes editoras para parceria na publicação do livro? 
Eu recebi algumas propostas de editoras pequenas e médias. Alcançar editoras grandes não é para alguém iniciante e desconhecido, e eu sabia disso. Na época que eu procurei, as propostas não me soaram favoráveis e, portanto, optei pela autopublicação. Pela independência que me proporcionava e o retorno mais rápido, apesar das dificuldades que também aparecem.

  • Você acredita que o universo literário brasileiro é limitado aos que possuem contatos na área? 
Não diria limitado mas facilitado. Se você não tem público, não há como uma editora querer investir em você, não é possível saber se seu livro é rentável, por isso também entendo o lado das editoras. Acredito, portanto, que tudo passa pela fase do trabalho, de se dedicar a se fazer conhecido(a) não somente pelos profissionais da área como pelos leitores.

  • Como foi a finalização dos detalhes do livro? Você pensou na diagramação, fonte, ilustrações e capa antes do livro passar pelos outros profissionais? 
A capa eu já tinha algo em mente e a Lúcia, com todo seu talento, fez aquele trabalho lindo. Em relação à diagramação, eu só disse à Emilly que queria algo clean e ela também fez aquele trabalho maravilhoso.


  • Ao ter seu livro em mãos, você mudaria algo nele? 
Não mudaria, ele está simplesmente perfeito para mim (falta incluir o ISBN, mas aí são uns probleminhas técnicos) e talvez eu trabalhasse um pouco mais nos agradecimentos. 

  • Qual a sensação de senti-lo fora das telas do computador?
Pegar ele em mãos foi um sonho se realizando, literalmente, dei pulinhos de alegria e fiquei com o rosto doendo de tanto sorrir, foi um dia inesquecível, acho que mais emocionante que isso, só participar da Bienal como autora.

  • Após várias revisões, como você soube que o livro estava do jeito que ele deveria ter sido escrito? Ser escritora foi um sonho que você sempre teve desde sua infância, então como teve a certeza de que “Pietra” estava conforme às expectativa daquela garotinha? 
Não sei explicar, mas era um sentimento que me disse: está pronto. Por mais que eu relesse, troco só um vírgula de lugar e mais nada, um “d” que era para ser “s”, mas o enredo é esse, essa é a história que eu queria contar, acho que a mini-eu iria ficar saltitante com o resultado também!

  • Qual a dica para os escritores de plantão? Aquela que você gostaria de ter ouvido em sua jornada de escrita até a publicação do livro. 
Acredite em você, vale à pena! Por mais que seja muito cansativo, não pare de ler, de estudar e de escrever, é prática que nos leva ao que queremos ser.

  • Qual sugestão você daria para aqueles que começaram a escrever mas se depararam com a temível página em branco? Como fugir do hiatos literário? 

Leia, leia e leia. Quanto mais nós lemos, mais ideias surgem. Olhe ao redor! Às vezes a inspiração está te esperando do lado de fora da janela do ônibus, na sua série favorita, na pessoa tomando café numa lanchonete… Enfim, largue a página e procure na sua volta!


A autora estará na Bienal do Rio de Janeiro nos dias 01/09 e 03/09 então não deixem de comprar “Pietra” e adquirir seu autógrafo. Para mais informações sobre a autora e suas obras acesse: Página Oficial  | ADQUIRA O LIVRO

Você também pode gostar de ler:

Deixe seu comentário

13 Comentários

  • Thayenne Carter
    13 setembro, 2017

    Olá,

    Achei muito bacana essa entrevista. A autora me pareceu em acessível, ainda não a conhecia ou suas obras, mas já quero saber mais sobre elas. As capas me chamaram bastante a atenção, realmente ficou clean e lindas. Parabéns pela entrevista, ficou muito boa e uma delicia de ler.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

  • Carol Santos
    01 setembro, 2017

    Olá, tudo bem? Adoro conhecer autores por entrevistas, e fiquei bem surpresa em como ela parece ser fofa. Como estarei na Bienal do Livro Rio já tentarei procurar ela haha <3 Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

  • Saga Literaria
    29 agosto, 2017

    Olá, tudo bem?
    Eu confesso que não conhecia a autora, achei bem interessante a entrevista, além disso é uma boa oportunidade para conhecer um pouquinho sobre a autora. Achei essas capas bem legais. Vou pesquisar mais sobre esses livros!
    Abraços

  • Douglas Augusto
    29 agosto, 2017

    Heey!
    Amo entrevista , as vezes, nem conhecemos a obra que a pessoa escreveu, mas só como ela se "comporta" durante a entrevista, ficamos com vontade de conhecer mais.
    Abraços

  • Mari
    27 agosto, 2017

    Muito legal a entrevista, gostei muito das respostas em relação ao mercado editorial e à autopublicação.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

  • Haise
    27 agosto, 2017

    É sempre bom conhecer mais dos nossos autores nacionais e descobrir um pouco mais sobre o processo de criação de suas grandes histórias. Adorei a entrevista!

    Beijos!

  • Beatriz Andrade
    27 agosto, 2017

    Eu não conhecia a Beatriz e já fiquei curiosa com o livro Pietra. Eu gosto muito desse nome, até tenho um livro que tem uma personagem chamada Pietra. Adorei a entrevista e gostei muito de conhecer a autora, super simpática.

  • Book Obsession
    26 agosto, 2017

    Olá!
    Que maravilha de entrevista.
    Pena que a autora vai estar nos dias em que não estarei, mas espero conhecer a obra dela no estande da Ler.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

  • Yasmim - Blog Literarte
    26 agosto, 2017

    Olá, tudo bom? (:
    Adorei a entrevista, amo quando podemos conhecer um pouco mais do autor! Quero muito saber como são os livros e sua escrita. Anotei aqui os nomes! parabéns pelo post!
    Beijos, Yasmim.

    Blog: https://literarte.blog.br/

  • Beatriz Castro
    25 agosto, 2017

    Simplesmente amei essa entrevista! Obrigada por tudo!

  • Lucy
    25 agosto, 2017

    Olá!
    Só de ver que a autora é "cat person" já aprovo! hahaha
    Muito bom saber da experiência de criação do autor. Também podemos ter um gostinho sobre o que esperar do livro, adorei!
    Bjos!
    Por essas páginas

  • Abby Anjos
    24 agosto, 2017

    Cara… Cada vez que me deparo com uma entrevista com autor nacional, eu me emociono. Meu maior sonho é poder publicar um livro. So de imaginar ter um livro que EU escrevi ja da arrepios!! Desejo toda sorte do mundo pra autora, e gostaria de estar no Rio para vê la na Bienal ;-;

    https://linhastortasb.blogspot.com.br/

  • Anônimo
    23 agosto, 2017

    Oii!
    Ótima entrevista ♥️ A capa do livro ficou realmente lindíssima! Adorei os conselhos. A autora parece ser uma fofa! Desejo muito sucesso ♥️
    Bjs
    https://leiturasdacaa.blogspot.com/

  • © 2019 Palavras Ambulantes • Desenvolvido com por