Lembrai-me de que foi recíproco


Eu sei o que você pode ter pensado após eu ter sumido, que eu só queria te usar e após ter desfrutado do seu corpo, acredito que teve certeza disso. Se infelizmente pensou isso de mim, talvez seja verdade. Por que lá no fundo, eu realmente usei você: Usei para encobrir minhas tristezas, apagar as lembranças ruins das pessoas que haviam me machucado antes de você, usei você para suprir minha carência e alimentar minha ilusão de que eu estava bem como estava. Mas, sabe que não? E sinceramente, sumi mais por mim do que por você. Não que a transa, os beijos e os desabafos não tenham sido bons. Mas era bom demais para mim. Eu não precisava de nada disso e você me concedeu ótimas risadas, e por isso eu fui te usando, como se você fosse a fita adesiva perfeita que remendaria todo o caco em que eu me encontrava. Você quase deixou eu te usar e por isso eu o fiz. 

Me perdoe por ser uma pessoa tão má, mas eu tinha que ser boa para mim, e no momento sua presença me fazia bem mas não podia passar daquilo. E naquele dia, quando você me olhou nos olhos e soltou aquele sorriso... Eu percebi que se eu não parasse por ali, estaria quebrando algumas regras do jogo. Então eu fiz o que qualquer pessoa desesperada faria, vesti minhas roupas, te beijei ao sair e nunca mais retornei ao seu quarto. Não há um motivo especifico, por isso nunca respondi os seus questionamentos, mas entenda que para mim deveria ser apenas um caso, como foi. E eu sinto muito, que em seu pensamento já poderíamos ter algo a mais. Acho que em algum momento, não sei quando, as coisas não foram bem esclarecidas e então perdemos o controle da relação. 

Sim, eu te usei! Usei a pessoa que você é e não somente seu corpo. Mesmo que tenha pensado isso devido à minha fuga após nosso sexo. Mas ainda bem que eu fugi, não? Não estaria sendo uma pessoa sincera e nem sensata, e por isso mais uma vez, acredito que fiz a coisa certa tanto para mim quanto para você. Mas não se culpe, não derrame nenhuma lágrima e tampouco desiluda-se do amor. Não havia amor entre nós. Havia apenas o desejo de alguém por perto. E nos entretemos bem durante um bom tempo, permanecendo juntos quando dava, então também pense que já me usou. E tudo bem vai, eu deixei você me usar por que também sabia que era algo necessário para você. 

Sem sentimento. Sem remorso. Sem culpa. Concluímos que os dois se usaram enquanto era preciso, e após o gozo, as energias se esvaem e por isso cada um foi para um lado. Foi tudo tão bom para eu me culpar... Então, eu lhe agradeço por termos uma relação recíproca. 

Comente com o Facebook:

Um comentário:

♡ Comente sobre a postagem, sua opinião é muito importante!
♡ Seguindo, segue de volta? Claro, basta comentar nos posts;
♡ Aceito afiliações, caso deseje entre em contato pela página "Contato" ou pelo e-mail: contato@palavrasambulantes.com
♡ Sem grosserias! Comentários maldosos serão apagados;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...