Recomeçando

Sobre os mais Velhos

[RESENHA] A Maldição, de Stephen King

Bloqueio de Escrita

19
maio
2017

Teu Adeus


Pessoas que saem, vão embora sem
dizer um adeus. Não se importam com
o que se perdeu entre o tempo e o
sentimento. Tudo não passou de um
divertimento? Por que não há relevância
quando se fala de ausência e saudade.

E ele se foi e fim de conversa.
Fim de verdade, não há mais comuni-
cação entre os seres. O que poderia
ser paixão, nada mais era do que uma
troca de prazeres. Então, faça-me um
favor? Não fale mais sobre o amor.

Não fale sobre o seu ser ou sobre o que
restou, pois não restou nada.
Sequer em uma palavra, ou aquela roupa
velha jogada pelo meu quarto.
Quando você se foi, levou toda a esperança
que eu tinha sobre nós. Foram apenas amassos
para você? Hoje, acabou o que éramos,
o que já fomos e o que éramos para ser.

Acabou o amor e a compreensão,
palavras não ditas vagam pela minha
mente e se repetem dizendo “Adeus”.
Talvez fosse apenas carência de atenção,
Mas não repara a dor que eu sinto sozinha.

E eu sinto e sempre senti por nós dois.
Sinto-te no peito, a saudade e seu calor,
O gosto do seu beijo e o delicioso sabor
do seu corpo. Será que você aproveitou bem
o gozo? Por que não voltará mais a sentir,
se é que alguma vez ouviu falar de seu significado.

Mas se for para ir, não ressurja do passado.
Não volte para preencher o vazio do meu
quarto. Pois já não quero pensar em suas
palavras não ditas. E este é o fim!
O meu fim. E já me calo, não há nada mais
a ser dito,  nada além de um adeus ao que eu era.
O que deixei de ser quando você se foi.

Se foi sem mim…

Você também pode gostar de ler:

Deixe seu comentário

10 Comentários

  • Paula Lopes
    31 maio, 2017

    Lindo poema, o adeus, a saudade e tudo que envolve esse sentimento são incríveis inspiradores. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

  • Lindo, intenso, a vida nos dá estes presentes que somos forcados a abrir e que machucam.Bjs

  • Kelen Vasconcelos
    30 maio, 2017

    Noooooooooosa! Menina que poema foi esse?
    Amei, de verdade. Parabéns ^^ Vc tem esse talento sim, senhor 😉
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

  • Juliana Ferreira
    24 maio, 2017

    Apaixonada pelo poema, lindo demais.

    Beijos
    http://www.pimentadeacucar.com

  • Sara Castelloni
    21 maio, 2017

    Que show!!! Já imaginei esse poema em uma música ou citação em vídeo hahah
    Seu blog é um amorzinho,gostei muito ♥
    E muito obrigada pela ida ao meu cantinho também,beijos 🙂

  • Inês Silva
    21 maio, 2017

    obrigada pelo comentário <3
    uau, mas que incrível 😀

    http://www.pinkie-love-forever.blogspot.com

  • Luli Ap.
    21 maio, 2017

    Olá Karoll
    Vim agradecer sua visita e conhecer seu blog que amei <3
    Lindo texto o seu, palavras poéticas e reflexivas.
    Siiiiim eu concordo que o adeus é uma palavra definitiva, mas também nos proporciona aprendizado e superação.
    Parabéns pelo poema!
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

  • Simplesmente amei o poema.
    Muito lindo, e resume perfeitamente o que eu passei/estou passando.
    Parabéns.

    Beijos!!
    sentimentos-de–uma-garota–bipolar.blogspot.com

  • © 2019 Palavras Ambulantes • Desenvolvido com por