12 julho 2016
Por Karol Vicente

Beijos, Amassos e algo Mais Além


Tão falado quanto o primeiro beijo, a primeira vez se torna quase um tabu entre as meninas. Se rola ou não rola, com quem e quando? São muitos os questionamentos sobre a hora certa, mas ninguém sabe melhor sobre as respostas do que você.

É comum os jovens saírem às noites, para as baladas e para os bares, à procura de conhecer gente nova e diferente do seu ciclo de amizades. Nisso, entre bebidas ou não, muita coisa acontece. Muita conversa é jogada fora e depois quando os dois vão ver, estão se beijando. Isso é tão comum quanto uma formiga ser morta a cada 1 minuto. Tadinhas, eu sei, mas fazer o que? A boca foi feita pra beijar... Ops, é quase isso.

Depois quando o clima esquenta, as mãos se vêm livres e você sabe que algo pode vir a acontecer. E é escolha sua continuar ou parar por ali, apesar de ser tentador e o corpo suplicar para que você não pare. Não posso me manisfestar e escolher um lado entre ter relações com quem você não conhece e esperar o “cara certo”. As opiniões são infinitamente divergentes e o que eu posso aconselhar é: faça se VOCÊ estiver SEGURA. Mas tenha em mente que suas escolhas (todas elas) têm consequências, sejam elas positivas ou negativas. Além de que a prevenção é essencial.

Mas não é nesse ponto que quero chegar. Os meninos têm uma pequena mania de querer aquilo na hora que quiserem, e se você não for ingênua o bastante para ceder às pressões dele, tudo pode acontecer. E não é dessa forma que tem que acontecer. É horrível você se sentir pressionada a fazer algo que não quer, ou ver e até tocar, seja qualquer coisa do tipo. Não tenha medo de se sentir idiota e admitir que não está na hora daquele “mais além” entre vocês dois. Quando um não quer, dois não fazem certo? E se ele for do tipo que só quer amassos e coisas mais além disso, pode ter certeza que você será ignorada, tratada com grosseria ou ser elogiada até os pés, apenas para se sentir “confiante” e se dar por convencida de que é tempo de se fazer aquilo sim. Mas não se deixe manipular. Se as táticas dele não funcionarem, no instante seguinte ele irá na esquina mais próxima achar outra garota para jogar o jogo dele. E cabe a você jogar ou não esse jogo.


Comentários via Facebook

4 Comentários:

  1. Muito bom esse texto, refleti bastante lendo ele.

    Beijos
    https://pimentasdeacucar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Concordo totalmente com o que você escreveu. Amei o seu texto, bem reflexivo!
    Já estou seguindo o Blog para não perder mais nada por aqui <3

    Beijos
    https://menteviajantee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ótimo texto, parabéns!
    Que mais garotas leiam ele!

    ResponderExcluir

♡ Comente sobre a postagem, sua opinião é muito importante!
♡ Seguindo, segue de volta? Claro, basta comentar nos posts;
♡ Aceito afiliações, caso deseje entre em contato pela página "Contato" ou pelo e-mail: contato@palavrasambulantes.com
♡ Sem grosserias! Comentários maldosos serão apagados;

Veja os antigos!

© Palavras Ambulantes • Desenvolvimento com por