No apologize, now is just me and the present.


É tão fácil pensar no futuro, fazer planejamentos sobre uma vida que possivelmente você terá, mas ainda existe a chance de seus planos não darem certo e mal cogitamos isso. Eu sempre fui aquela pessoa que fazia as coisas da maneira correta, escrevendo esboços de um futuro feliz e estável, por que na realidade é exatamente isso o que todo mundo quer. Meu foco era tão no futuro, que em vários momentos eu me perdi no presente e várias ilusões me dominaram. É muita falta de paciência na verdade, eu costumava reclamar de algo que eu desejava agora, mas meu planejamento era para acontecer no futuro. Quão hipócrita isso parece ser? 

Mas não é só eu que sou assim, e em parte não é um defeito, mas é preciso parar de focar num determinado tempo. Digo isso por que há casos em que as pessoas se perdem não no futuro, e sim no passado, e as consequências são as mesmas, desapontamento. Na maioria das vezes, eu olho para mim mesma e me pergunto se era essa pessoa que eu imaginava me tornar, por inteira, contando com as qualidade e defeitos. E eu me pergunto quais eram meus sonhos e por que os abandonei. São coisas que eu quero explicar e simplesmente não são coisas explicáveis, é preciso aceitar os fatos como são. Aceitar o passado, viver o presente e esquecer do futuro por um minuto. Eu realmente espero que ele seja brilhante, mas no momento o que deve valer é apenas o meu desejo de que seja tudo como eu espero, e não uma corrida contra o tempo. Pois as vezes, corremos mais do que outras pessoas e eu não quero deixar ninguém para trás.  
 
Dizem que é mal de brasileiro, ter preguiças das coisas e dar desculpas por tudo o que deu errado. Não passou no vestibular é por que estudou de menos, não passou na entrevista de trabalho é por que não era bom o suficiente, etc. Será? Será que essas desculpas e justificativas para as coisas são verdadeiras ou são apenas uma negação interior? Você não aceitando os fatos. E o fato, é que não era para acontecer. 
Acredito que a maioria das pessoas tenha alguma bolha interior que nega algum fato da vida, talvez uma história ou desejo. Não consigo imaginar o quão difícil deva ser convencer a mim mesma de que estou apaixonada pelo cara mais improvável do mundo, aquele que quebra meus conceitos e valores, e mesmo eu dizendo claramente que não o amo, no fundo é apenas minha mente me iludindo. Nesse momento o que você se nega?  

Eu só não quero me negar ao presente. Á vida. Aos meus instintos. E não importa o que digam ou as consequências, pensamos tanto antes de fazer algo, que possa ser que haja muito drama criado em nossa mente. Vai ver haja uma consequência positiva naquela sua atitude rebelde? Não sabemos. Mas acredito que devemos fazer o que sentimos vontade, na hora e local desejado.  

Se sentir vontade de abraçar as pessoas no meio da rua faça, quem sabe você não torne o dia de alguém melhor? Se sentir vontade de conversar com aquele garoto, mande uma mensagem mesmo sem assunto, apenas perca a covardia e saia desse clichê que só devemos chamar alguém pra conversar quando houver assunto. As coisas não precisam ser tão previsíveis. E Se eu quiser mandar um oi só por saudade? Qual o problema? Só não se negue e viva os  fatos, se desapegue do tempo e eternize o momento. O que for de ser, será. 

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Eu sou uma das pessoas que sofrem com o futuro, e agora que meu aterrorizante futuro virou presente (facul, mercado de trabalho, sair de casa), melhorei muito. Acredito que todos passamos por essa fase, demasiadamente jovens para mudar alguma coisa, velhos demais para não se preocupar. Agora que sinto que sou capaz de construir o meu futuro me sinto bem mais à vontade para viver o presente. É claro que ainda tem algumas coisas que me assustam, mas chegar onde cheguei já é um começo. Vamos viver!!!

    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo ler o seu comentário! Eu sou bem apavorada com o futuro e espero melhorar essa característica em mim com o tempo. Fico feliz que as coisas estejam dando certo para você, e espero que continue assim! :)

      Excluir
  2. Indiquei seu blog numa tag Karol! Parabéns pelo texto, aliás!
    http://nadageek.blogspot.com.br/2015/11/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bia, já estou indo lá ver! Beijooos

      Excluir

♡ Comente sobre a postagem, sua opinião é muito importante!
♡ Seguindo, segue de volta? Claro, basta comentar nos posts;
♡ Aceito afiliações, caso deseje entre em contato pela página "Contato" ou pelo e-mail: contato@palavrasambulantes.com
♡ Sem grosserias! Comentários maldosos serão apagados;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...