[RESENHA] O Lado Bom Da Vida, de Matthew Quick

Título: O Lado Bom Da Vida
Autor: Matthew Quick|  Publicação: 2008| Páginas: 256
Editora: Intrínseca|  Gênero: Ficção| Classificação: ❤❤❤
Sipnose: Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. 
Hey, Pessoal!

A resenha de hoje é sobre o livro "O Lado Bom da Vida", que era um livro que há tempos eu estava louca para ler, mas sempre deixava para depois. Uma amiga minha comprou o livro e depois de ler me emprestou, eu demorei um pouco para terminar o livro por que eu só lia o livro na escola (quando havia tempo!), mas também quando terminei fiquei com raiva de ter chego ao final. 

Resenha: Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, o personagem principal ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. 


À medida que seu passado aos poucos ressurge em sua memória, ele começa a entender que 'é melhor ser gentil que ter razão' e faz dessa convicção sua meta. Tendo ao seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez, independente de como for esse "final". O lado bom da vida, é um livro comovente sobre um homem que acredita na felicidade, no amor e na esperança. 


No começo o livro te deixa meio intrigado, com algumas dúvidas no ar mas depois tudo vai se resolvendo. Eu optei para terminar de ler o livro antes de ver o filme para não misturar os detalhes, mas acho que o filme não é tão confuso quanto o livro de inicio. O Pat se mostra ser uma pessoa com alguns problemas psíquicos, no começo do livro ele sai de uma clinica psiquiatra, onde ele diz ser o "lugar ruim" por onde esteve alguns anos, e vai para a casa de sua mãe.  O livro inteiro ele acredita que está longe de sua mulher por que ambos combinaram de dar "um tempo separados", mas o que ele não se lembra é que Nikki se separou dele. O livro inteiro ele pensa no término do tempo separados, e dedica seu tempo integral a malhar no porão da casa de sua mãe (onde eles montaram uma espécie de academia) enquanto espera Nikki voltar para ele.

Eu confesso que achei o Pat um cara bem maluquinho da cabeça, mas havia algo nele que eu gostava bastante, e o jeito como amava intensamente a Nikki é bem bonito e admirável. E hoje em dia sabemos que toda essa atenção da parte dos homens é bem difícil, não é? Ele não consegue se lembrar dos anos de sua vida, em que passou na clinica, já que para ele tudo foi questão de meses. E isso acontece por que sua mente insiste em não lembrar do motivo que o levou a parar lá, que também é o real motivo de sua separação com a Nikki. Mas esse detalhe eu não vou contar! Leiam o livro ou vejam o filme para entender melhor!


A Tiffany entra na história involuntariamente, ela e o Pat se conhecem em um jantar oferecido pelo amigo do Pat que é marido da irmã da Tiffy. Eles se estranham um pouco, e ao longo do livro a Tiffany demonstra ser uma pessoa bem mais complicada que o próprio Pat. Mas um entende a mente do outro, e por esse motivo o final não  poderia ser outro...! O livro é bem legal e vale muito a pena ler! Mas e vocês, Já leram? O que acharam? Comentem!

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Estou louca para ler esse livro *o*<3
    http://blogevelynbard.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito bom! Recomendo bastante haha

      Excluir
  2. Acho que o amor antigo dele era mais obsessão mesmo, com a Tifanny foi mais natural e saudável. É um dos meus livros preferidos, tem essa imperfeição dentro de um romance que nos mostra que o amor pode surgir em qualquer fase e situação de nossas vidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, concordo com você! O amor tem essa coisa de nos surpreender, não é?

      Excluir
  3. Quero muito ler esse livro ansiosa para isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia e depois volte para me contar o que achou ;)

      Excluir
  4. É pior um livro requintado o filme também tem suas vantagens. A história eu achei muito bom, bem executar um script, engraçado e inteligente. Abotoaduras entre Jennifer Lawrence e Bradley Cooper me espanta, posso dizer que é um dos melhores filmes de drama Cooper. Atuações ótimas até mesmo dos coadjuvantes Robert De Niro e Jacki Weaver estão ótimos. Uma ótima historia, madura, diferente de todas essas comedias dramáticas/românticas. Vale muito apena acompanhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você! O filme é bem diferente dos outros que estamos acostumados a assistir se formos pensar, é um romance com vários aspectos únicos e que em geral torna o filme e o livro ótimos!

      Excluir

♡ Comente sobre a postagem, sua opinião é muito importante!
♡ Seguindo, segue de volta? Claro, basta comentar nos posts;
♡ Aceito afiliações, caso deseje entre em contato pela página "Contato" ou pelo e-mail: contato@palavrasambulantes.com
♡ Sem grosserias! Comentários maldosos serão apagados;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...