Turistando em Florianópolis (SC)

Lembrai-me de que foi recíproco

Teu Adeus

Marejando

14
abril
2015

Amigo Namorado?

 
Escola. Trabalho. Curso. Faculdade. Qualquer ambiente que você frequente semanalmente por consequência faz com que você conheça novas pessoas, o que é muito bom. Ser social é algo que chama muito atenção, dar sua opinião e ser você mesma gera admiração. A pessoa se sente mais livre e não sente medo de ser rejeitada. Só que toda essa desinibição muitas vezes chama atenção das pessoas. Não é o fato de ser extrovertida que faz os outros se atraírem, e sim o fato daquela pessoa ser ela mesma. Assumir o seu eu. Mesmo se for um alguém tímido ou mais reservado, cada pessoa tem um brilho especial e é por essa essência natural que as outras pessoas se encantam.
 
O problema é quando você chama atenção daquele garoto ou daquela garota que você não quer nada mais do que amizade. Quem nunca teve aquela pessoa que se apaixonou por você mas não pode ser correspondida? Essa é uma situação tão desagradável e que ninguém gosta de passar. Ficamos ali no impasse, dar ou não uma chance? É difícil tomar uma decisão, pois sabe-se que depois do fora a amizade pode não ser mais a mesma que já fora um dia. É comum ouvir para você dar uma chance, mas só nós sabemos que não é assim tão simples, tem que haver sentimentos para dar certo. E após vasculhar lá no fundo do peito e encontrar somente afeição e carinho, não poderíamos dar uma chance à pessoa. Ou sim, se vocês se dessem muito bem, tente imaginar além, será que um sentimento não poderia crescer depois?
 
Eu certamente pensaria muito, mas não poderia dizer que daria uma chance esperando o sentimento crescer depois, estaria mentindo pois não o faria. Mas gosto da ideia de me dar uma chance, chance de me sentir amada por alguém que goste verdadeiramente de mim, então vale perder uma ou duas noites avaliando a proposta. Muitas vezes gostamos daquela pessoa que não está nem ai para nós, sofremos e nos iludimos e no final das contas, ficamos sozinhas. Portanto vamos reavaliar nossos candidatos e enxergar qual que nos faria mais feliz.
 
O que vocês pensam a respeito? Comentem!

Você também pode gostar de ler:

Comente sobre isso:

Deixe seu comentário

7 Comentários

  • Unknown
    24 fevereiro, 2016

    Meu melhor amigo é meu namorado, sempre fomos muito colados um no outro, eramos amigos (irmãos), e dessa amizade nasceu o amor. Estou com ele desde 2013
    Eu realmente tinha medo de que não desse certo, que eu pudesse perder todo aquele afeto de amizade que tínhamos. Eu resolvi dar uma chance pra nós, como eu sempre confiei nele, fui sem medo!!
    Hoje em dia estamos a 3 anos juntos já, nos damos muito bem e ele continua sendo o mesmo de sempre, só que agora é meu namorado também . rs'

    • Karolline Vicente
      07 abril, 2016

      Ahh que lindo a história de vocês! Ainda bem que deu certo né, e o melhor de tudo, é que depois de 3 anos nada mudou entre vocês. É muito bom ter seu melhor amigo como namorado (e vice-versa), poder confiar em quem se ama é a melhor parte. <3

  • Marjorie Silva
    24 abril, 2015

    Já fiquei apaixonada por um amigo, mas não rolou nada hoje ele namora uma das meninas que eu menos gosto no colégio e quando eles começaram a ficar ele parou de falar comigo, mas minha amiga foi la e falou pra ele que ele tava me magoando, já que eu não gostava mais dele e até tinha 'nojo' quando pensávamos em nós juntos, hoje ele voltou a falar comigo mas não é como antes.
    rebeldiaemv.blogspot.com.br

    • Karolline Vicente
      06 julho, 2015

      Que situação heim :/
      Ver o cara que você gosta com a menina que você odeia é bem tenso! Mas acho que o mais estranho é voltar a ter amizade depois de um tempo nem se falando direito, cria uma clima meio seilá e as vezes a confiança se abala também. Entendo bem você.
      Espero que volte ao blog! Beijos

  • Letícia vianna
    24 abril, 2015

    Heey, eu tenho um post prontinho para ser postado sobre esse tema.
    " Namorando o melhor amigo " Que é o meu caso.
    Namoro a 2 meses, o meu melhor amigo desde 2013. O mais interessante é que ja tentamos namorar em 2013 mesmo. Mas eramos muito novos, e ficamos com medo de o namoro acabar de forma ruim, e perdemos a amizade que estavamos construindo que por sinal, era muito linda. Mas o engraçado é que falamos, " essa história vai render um filme ainda " " deixa o tempo falar " " O que for pra ser será " e deixamos o tempo mesmo decidir, e só agora em 2015 deixamos só a " amizade " para sermos " namorados e melhores amigos " :')
    e todo mundo falava " vcs ainda vão voltar " haha'

    a m e i seu post. <3
    Seguidora nova. Bjs

    • Karolline Vicente
      06 julho, 2015

      Nossa, realmente renderia uma boa história Hahaha É obra do destino vocês ficarem juntos!
      Mesmo quando estamos numa idade boa para namorar, o medo cria uma barreira e impede que nos entregamos logo de cara, e o bom de vocês dois, é que com o tempo você superaram isso e se entregaram! Fico feliz que tenha gostado do post. Um enorme beijo!

  • © 2019 Palavras Ambulantes • Desenvolvido com por