Recomeçando

Sobre os mais Velhos

[RESENHA] A Maldição, de Stephen King

Bloqueio de Escrita

31
março
2015

Por que você chora?

 
Eu sei que nesse exato momento há milhares de pessoas tristes no mundo, algumas estão agora se acabando de chorar e se perguntando o real motivo de sua existência. Há tantas dores, tantos medos e tantas inseguranças que só aquele que sente sabe como é carregar o peso em suas costas. É normal se sentir perdido e cansada no meio de tanto caos, você procura uma ajuda a sua volta e não encontra um ombro amigo ou alguém que te socorra, nessas horas é necessário abraçar o seu próprio eu e lidar com aquele problema sozinha. Tantas vezes eu fiz isso, você se acostuma a sofrer calada e passa a desconfiar das pessoas, o por que elas não o ajudam, será que não se importam? 
 
 
Mas eu digo para não se menosprezar tanto, não tenha medo de falar sobre sua dor para seus amigos ou parentes, eles não poderão te ajudar se não souberem realmente o que se passa em sua mente. É difícil, por que mesmo falando eles podem não entender, mas tenha paciência! Isso não quer dizer que eles não se importam.
 
Eles perguntaram, o por que você chora? Diga. Não se cale. Diga que foi aquele garoto que te decepcionou, ou a briga com sua melhor amiga, ou diga que se sente sozinha, diga que se sente incompreendida, diga sua dor, seja ela pequena ou grande no ponto de vista deles. É verdade, há dores pequenas e grandes, mas ainda são dores, machucam e perturbam nosso psicológico, e por isso ninguém tem o direito de menospreza-la. Podem dizer que tem gente doente, sem perna ou sem braço, e tem gente em situações piores ainda, todas essas comparações te faram refletir e se sentir menor ainda, mas você é maior que tudo isso. Cada um lida com seu problema de uma forma, e não é justo compara-los dessa maneira.
 
Todos somos seres humanos, todos temos problemas e o que podemos fazer é ajudar um ao outro, ou tentar. No final, apenas aquele cuja dor sente poderá se livrar dela de fato, pois se estiver abraçando o problema ele nunca será de fato resolvido. Não precisamos ter medo de demostrar o que sentimos, “sorrir de dia e chorar a noite” ninguém precisa fingir o que não sente, no fundo isso só te fragilizará mais ainda. Reflita. Você não estará sendo uma pessoa guerreira por usar uma mascara. Ninguém é feliz todos os dias, por que todos tem seus bons e maus momentos.
 
Se for para chorar, chore! Chore tudo o que tiver para chorar, deixe as lágrimas lavarem seu corpo e antes que diga que está cansada pense novamente, e se lembre quantas vezes essa cena se repetiu no seu ano, quantas vezes você se encontrou desolada e continuou firme? Quantas vezes você chegou ao seu limite e continuou de pé? Então não diga mais nada, olhe como você é forte. Não importa se você está fraca agora, você é capaz de superar tudo isso de pé, firme e forte, e mesmo chorando as noites você ainda não está em tempo de cair. Chorar não significa que você é fraco, mas após secar suas lágrimas regue seu caminho e faça flores crescerem nele, pode regar todos os dias ou todas as noites, só não as deixe morrer.

Você também pode gostar de ler:

Deixe seu comentário

9 Comentários

  • Cinthia Calado
    26 agosto, 2015

    Caramba Karol, amei muito esse texto!!!! Você é mtttt fodaaa kkkk
    cinthiacalado.blogspot.com

    • Karolline Vicente
      11 setembro, 2016

      Hahaha Ah Cinthia, fico imensamente feliz em saber que você gostou do texto, de todo o coração! Obrigada <3

  • Karolline Vicente
    24 abril, 2015

    Muito obrigada! 🙂

  • Sarah Kaeda
    07 abril, 2015

    Se for para chorar, chore. Melhor conselho impossível.
    Falar para os outros sobre o que sente é uma ótima alternativa de desafogar.
    beijos

  • Lucky Costa
    01 abril, 2015

    Sempre passaremos por momentos dificeis, onde a decepção e a dor provocada por uma mágoa vai nos atingir e fazer parecer que nada mais vale a pena. Mas são esses momentos que nos tornam mais fortes e são nessas horas que reconhecemos os verdadeiros amigos.

    Muito bom texto, parabéns!

    • Karolline Vicente
      01 abril, 2015

      Obrigada! Concordo plenamento com você! Como uma vez eu li "quem deseja ver o arco-iris precisa aprender a gostar da chuva" e é exatamente isso. Beijos

  • By Patrícia Camargo
    01 abril, 2015

    nossa que lindo, amei de verdade! super bjus

    http://bypatriciacamargo.com/

  • © 2019 Palavras Ambulantes • Desenvolvido com por